Escurecimento da virilha: conheça as causas e saiba como evitar

O problema é mais recorrente em mulheres .

Localizada em uma região de pele delicada, a virilha está sujeita, por diversos motivos, a escurecer. E, por mais que seja uma parte do corpo que fica escondida, nenhuma mulher gosta de vê-la nesta condição, especialmente no verão, quando é comum usar biquínis e maiôs, em praias ou piscinas.

Como evitar o escurecimento?

Embora existam pessoas predispostas ao escurecimento da virilha, alguns cuidados no dia a dia ajudam a evitar o problema. É preciso diminuir o atrito.

Uma dica é evitar roupas muito justas e elásticos que apertem ou provoquem mais atrito. As peças devem ser arejadas para permitirem a ventilação da pele e a evaporação do suor. Para isso, a dica é escolher tecidos naturais, inclusive para as roupas íntimas.

No caso das mulheres que estão com sobrepeso, a orientação é emagrecer, para diminuir o atrito da pele da virilha. Além disso, a medida vai ajudar a aliviar o calor e suor nessa área.

O que causa o escurecimento?

Um dos principais motivos que causam o escurecimento é o atrito, justamente por ser a virilha uma área de dobra. Além do contato da área com roupas, pode ocorrer o atrito de pele com pele, principalmente em quem está com sobrepeso (e possui mais dobras).

O escurecimento pode ser ainda resultado de uma micose causada por fungos, que ocorre pelo fato da virilha estar sempre coberta com roupas e, também, por ser área de dobra, enfrentar calor e umidade.

A depilação também pode ocasionar o quadro de escurecimento da virilha. Em algumas pessoas, ela causa pelos encravados, que inflamam. E a inflamação constante da pele resulta em escurecimento.

 

Se a depilação for o principal motivo do escurecimento, vale a pena discutir com o profissional outras alternativas para eliminar os peles indesejados. Pessoas com muito pelo encravado, por exemplo, podem optar pela depilação a laser.

Com uma boa orientação estética e disciplina ao realizar o tratamento , a mulher resolverá o problema da melhor maneira possível, ficando livre para usar biquínis ou maiôs e aproveitar as estações mais quentes do ano sem preocupações!

Opções de tratamento :

LIP – Luz pulsada

Peelling quimico e fisico

HOme care clareador

Monte de Vênus –

SAIBA COMO DIMINUIR A GORDURINHA DO PÚBIS

 

Da mesma forma que algumas pessoas estão insatisfeitas com a gordura localizada na cintura, outras também se sentem inseguras com a aparência do Monte de Vênus e desejam retirá-la, para diminuir a protuberância.

Embora esse assunto não seja discutido abertamente quanto outros tipos de problemas inestéticos , o incômodo nessa região pode afetar a autoestima da mulher, atrapalhando não apenas sua vida no cotidiano quanto suas relações sexuais.

A boa notícia é que existe a redução do Monte de Vênus. Neste artigo, explicaremos tudo sobre o procedimento para que você tire todas suas dúvidas sobre o que é e como acabar com esse problema. Ficou curiosa? Então, continue a leitura!

O que é o Monte de Vênus?

O Monte de Vênus é aquela região entre o abdômen e o clitóris, comumente chamado de monte púbico. É nessa área que os pelos nascem na adolescência e que a incisão para os partos por cesariana é feita.

Naturalmente, a gordura que forma tem o propósito de reduzir os impactos durante a relação sexual, para proteger o osso pubiano de danos. Mesmo com esse papel, essa camada pode ser mais ou menos proeminente e causar desconfortos na mulher.

 

EXISTEM TRATAMENTOS ESTETICOS

Embora exista alternativas cirurgicas , os tratamentos estéticos tem se mostrado bastante eficazes nessa questão .

Podendo ser utilizado radiofrequência , aplicação de enzimas , LASER .

Radiofrequencia : A Radiofrequência é mesmo um método eficaz e muito utilizado na estética para o tratamento de diversas disfunções. Muitas dúvidas e muitas respostas, como buscar informação de qualidade? Nós te ajudamos! Este material foi criado exclusivamente para você encontrar tudo o que precisas saber sobre Radiofrequência na Estética

A radiofrequência pode – e deve – ser utilizada para o tratamento de gordura localizada. O aparelho é capaz de reduzir de forma acentuada os adipócitos da área tratada, inimizando consideravelmente a camada de gordura. As ondas já explicadas no início deste artigo, tem a premissa de serem seletivas no aquecimento da gordura e, portanto, têm a capacidade de induzir danos térmicos letais aos tecidos adiposos subcutâneos.

 

Cada situação deve ser feita uma anamnese específica , orientando para a melhor tecnologia

 

Flacidez íntima: como recuperar a autoestima através do rejuvenescimento íntimo não-cirúrgico

Com certeza você já deve ter ouvido algum comentário relacionando a flacidez íntima com uma vida sexual movimentada. Porém, o senso comum e a falta de informação costumam diminuir ainda mais a autoestima feminina quando se trata de um assunto tão complexo como a saúde íntima de uma mulher.

Engana-se quem pensa que o rejuvenescimento íntimo está ligado somente à estética: a incontinência urinária é comum com o passar dos anos em decorrência da perda de colágeno e força muscular que afeta todo o corpo da mulher. Além disso, a região vaginal externa pode apresentar redução da elasticidade dos grandes lábios e frouxidão vaginal.

O rejuvenescimento íntimo é indicado para mulheres em qualquer idade que sintam incômodo ao perceber flacidez ou perda de volume dos grandes lábios. Existem ainda outros motivos que podem levar à necessidade de realizar procedimentos estéticos relacionados à vida íntima. Veja esses exemplos:

  • Assimetrias e hipertrofia dos pequenos lábios;
  • Frouxidão do canal vaginal;
  • Ressecamento vaginal, escurecimento e/ou cicatrizes;
  • Incontinência urinária;
  • Desconforto e dores durante as relações sexuais.

Fisioterapia pélvica como aliada no tratamento da flacidez íntima

“O assoalho pélvico é um conjunto de estruturas formado por músculos, ligamentos e fáscias [tecidos que envolvem os músculos] que serve para segurar os órgãos da pelve como útero, bexiga, reto e próstata. Nos homens, o enfraquecimento desse conjunto não é comum, mas, nas mulheres, a presença do orifício do canal vaginal deixa o assoalho mais frágil.” (Fonte: g1.globo.com).

A Fisioterapia pélvica – seja através do Pilates ou qualquer outra técnica – pode auxiliar no tratamento estético de redução da flacidez vaginal, uma vez que, tonifica e fortalece essa região. Vale ressaltar que qualquer alternativa de tratamento deve ser indicada pelo profissional de ginecologia, após avaliação profunda.

Como foi possível perceber, os tratamentos íntimos apresentam diversas alternativas tanto para quem deseja apenas melhoria estética, quanto para aquelas mulheres que procuram dar fim aos incômodos causados pela flacidez vaginal. Além disso, mulheres que tiveram partos complicados também podem optar por esse tipo de procedimento.

Vantagens do rejuvenescimento íntimo não-cirúrgico: radiofrequência

Esse procedimento é realizado através da aplicação e radiofrequência na área dos grandes lábios, aquecendo o tecido interno instantâneo. Em poucos minuto, como resposta do organismo, a produção de colágeno e elastina são ativadas, estimulando a vasodilatação, oxigenação e nutrição dos tecidos, melhorando a aparência da região genital reduzindo a flacidez tissular.

O procedimento é seguro e não gera qualquer lesão na pele, descartando a necessidade de internação ou de um longo período de cuidados pós-operatórios. A técnica pode ser aplicada em ambiente ambulatorial e em clínicas licenciadas para atividades estéticas, sempre com profissionais capacitados.

 

Conta pra gente: você já conhecia algum desses métodos? Ainda restou alguma dúvida? Entre em contato através das nossas redes sociais ou deixe uma mensagem para que um de nossos consultores possa te atender.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco
Posso ajudar?
Powered by